quinta-feira, 28 de julho de 2016

Convenção que homologará candidatura Dr. Pinheiro em Apodi será no dia 31

A convenção que homologará as candidaturas do pré-candidato a prefeito de Apodi e Célio Martins a vice, ambos do partido Solidariedade já tem data marcada. Será no domingo, 31 de julho, a partir das 09h00minh, na ACDA.

A expectativa é enorme com relação ao evento!

FDS Construções, a melhor de Apodi e região!

Na FDS construções você encontra promoções todos os dias, com a entrega mais rápida de Apodi e região. Cimento, tijolo, telha, lajotas, ferros, material elétrico, material hidráulico, e muito mais. Tudo para sua construção é na FDS material de construção. 

ACEITAMOS CARTÕES DE CREDITO. Dividimos em até 6 vezes.

Dois jogos fecham a fase classificatória da Copa Soledade de Futsal

A partir das 19h00minh desta quinta-feira acontecem os dois ultimo jogos que fecham a fase classificatória da I Copa Soledade de futsal, os jogos de mata-mata serão iniciados já no sábado 30 de julho.

Confira os jogos de hoje:
Real Madrid x Paulista 
Uniftsal x Bacural I

Comunicado da Justiça eleitoral do município de Apodi


Goleiro apodiense é destaque no catarinense de futsal

O Jovem apodiense Abner Targino fez sua estreia pelo Jaraguá Futsal na noite de ontem 27/06/2016 diante de um clássico contra a equipe do Joinville.  

A equipe Catarinense de Jaraguá venceu pelo placar de 3x1 e o grande destaque da partida ficou por conta do nosso grande Goleiro Abner fazendo defesas milagrosas e até um tiro livre. 

Não faltaram elogios por parte dos narradores da Jaraguá AM ‘’Gravem esse nome Abner, ainda vai ser escalado para seleção brasileira de Futsal, joga muito esse garoto’’ disse Emerson ‘’Ele está fazendo uma estreia primorosa’’, completou o outro narrador.

Nas Redes sociais os torcedores do Jaraguá são só elogios.

Fonte: Blog Esporte em Prática.

Encontro de Flamenguistas acontecerá em setembro em Apodi com presença do herói do hexa

No próximo dia 18 de Setembro a torcida organizada ‪#‎FLAPODI‬ realizará o 1º Encontro Flamenguista de Apodi/RN e Região, e a nação vai poder prestigiar de perto o herói do hexa, “O Magro de Aço” ‪#‎Ronaldo Angelim‬ que tem presença confirmada nesse mega evento a partir de meio dia no Parque de Vaquejada Francisco Joaquim de Sales, antes disso, as 09h00minh tem um Jogo Amistoso entre os Amigos de Ronaldo Angelim X FLApodi no Estádio Antônio Lopes Filho.

A torcida do flamengo em Apodi convida toda população para fazer parte desse evento que irá ficar na memória de todos apaixonados pelo Mengão. Participe dessa festa você também e mostre seu amor pelo maior do mundo!

Kelps foi o único até agora que apresentou o vice, a coligação e o conceito da campanha‏

O pré-candidato do Solidariedade, Kelps Lima, foi o único até agora entre os nomes que pretendem disputar a Prefeitura de Natal que apresentou concretamente os elementos necessários para realizar uma campanha eleitoral viável.

1 Kelps já tem a vice-prefeita da disputa: a atleta olímpica e especialista em gestão Magnólia Figueiredo;

2 Kelps já montou uma coligação com quatro partidos para disputar a Prefeitura: Solidariedade, PRTB (Partido Renovação Trabalhista Brasileiro), PRP (Partido Republicano Progressista) e PMN (Partido da Mobilização Nacional);

3 Kelps já tem o conceito da campanha: vai dizer à sociedade que não adianta mais acreditar em promessas mirabolantes, pois elas não vão acontecer, e que as pessoas precisarão escolher prioridades em uma gestão de quatro anos, e assumir junto com a gestão os ônus e os bônus dessas escolhas;

4 Kelps vai fazer uma campanha moderna, pelas redes sociais, sem uso de carro de som nem panfletos.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Henrique Eduardo Alves vira réu em ação proposta pelo MPF/DF‏

Em decisão, juiz da 16ª Vara Federal recebe ação de improbidade administrativa apresentada pelo Ministério Público em 2004

A Justiça Federal de Brasília decidiu receber ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves. A partir dessa decisão, Alves passa a responder como réu no processo que apura indícios de enriquecimento ilícito entre 1998 e 2002, período em que exerceu mandato parlamentar. Proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2004, a ação já havia sido recebida, mas o prosseguimento do processo foi interrompido depois que o acusado apresentou recurso questionando a prescrição dos fatos, bem como a legitimidade das provas apresentadas pelo MPF. No entanto, depois de analisadas essas questões pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o caso prosseguiu com o juiz de primeiro grau. Nessa instância, o magistrado da 16ª Vara Federal, Marcelo Ribeiro Pinheiro, decidiu que há provas suficientes para confirmar o recebimento e dar continuidade à ação de improbidade.

Sobre os requisitos para que o caso fosse reaberto, o juiz analisou a peça inicial apresentada pelo MPF e concluiu que a ação “descreve minuciosamente as circunstâncias fáticas e jurídicas que embasam, de modo suficientemente preciso e capaz de ensejar o seu prosseguimento”. Já em relação à prescrição, o magistrado explica que, de acordo com a lei, o prazo prescricional para ação de improbidade administrativa começa a correr após o término do último mandato do parlamentar. No caso analisado, o acusado foi deputado federal por 11 mandatos consecutivos, de 1971 a 2014. Embora a ação de improbidade se refira a irregularidades cometidas no período de 1998 a 2002, Alves continuou no cargo de parlamentar até 2014. De modo que o juiz concluiu: enquanto não cessa o vínculo do agente com a Administração, não tem início o prazo prescricional.

Na mesma decisão, o juiz também se manifestou sobre o pedido do MPF - feito ainda em junho deste ano - para que fosse levantado o sigilo do caso. Marcelo Pinheiro decidiu pela publicidade dos autos, já que nas ações de improbidade administrativa, é evidente o interesse social,” o qual exige a publicidade justamente para que se possa dar o direito ao povo de conhecer a fundo as atitudes de seus representantes políticos”. No entanto, o processo não é totalmente público. Tendo em vista que existem documentos anexados ao processo que podem expor a privacidade do envolvido, como extratos bancários e faturas de cartão de crédito e dados fiscais, o magistrado determinou sigilo em relação a essas informações.

A ação de improbidade - A ação do Ministério Público, apresentada há mais de 12 anos, levou à Justiça o fato de que Henrique Eduardo Alves demonstrava sinais de riqueza incompatíveis com sua renda e seu patrimônio declarados como deputado federal e empresário. Constam das irregularidades apontadas à época : transferência patrimonial dissimulada; despesas e gastos em montante superior à receita declarada; titularidade dissimulada de sociedades comerciais, contas-correntes, investimentos, movimentação financeira e cartões de crédito em instituições financeiras com sede na Suíça, nos Estados Unidos e em paraísos fiscais, bem como por meio de empresa off-shore - sem que fossem identificadas as saídas de divisas do país.

Como exemplo de irregularidade, foi citada uma movimentação em instituição financeira sediada no exterior de mais de três centenas de milhares de dólares americanos em despesas. Isso somente em faturas de cartão de crédito emitido no exterior, e de titularidade de Henrique Eduardo Alves .Outras situações também chamaram a atenção do MPF. Alves usufruía de um padrão de vida luxuoso, bancava os gastos de diversos cartões de crédito para os filhos e para a esposa e ainda era chamado de “riquinho” pelos demais parlamentares. O Ministério Público também revelou que a ex-esposa de Alves, Mônica Azambuja, teve durante um bom tempo suas despesas pagas pelo ex-marido, além de ter recebido a quantia de R$ 1,5 milhão entre 2002 e 2003 como indenização em divórcio


Com a reabertura do caso, o magistrado terá de decidir se condena ou não o político por improbidade. Henrique Alves poderá ser condenado a ressarcir os cofres da União, ter os direitos políticos suspensos e ficar proibido de contratar com o poder público, entre outras sanções previstas na Lei 8.429/92.

Talento do futebol apodiense é aprovado em peneira do Vasco/RJ e tentará projeção na carreira

Iam Lucas Morais do Santos

Pré aprovado na peneira do Vasco da Gama em Major Sales/RN, mais um Apodiense q terá sua oportunidade no CR Vasco da Gama.

Solidariedade de Apodi realizará convenção próximo domingo dia 31


Lajedo de Soledade em Apodi foi tema de mais uma reportagem especial

Esta semana o exuberante Lajedo de Soledade, encravado no sertão do município de Apodi, foi novamente tema de reportagem de um canal de TV, especificamente a Inter TV Cabugi, que através da Jornalista Ivanúcia Lopes, realizou uma matéria especial para ir ao ar no Programa “InterTV Rural”, dentro do quadro Sertão Belo, exibido aos domingos na afiliada da Rede Globo de Televisão.

O programa vai ao ar neste final de semana, a emissora confirmou, e a direção da FALS, entidade que mantem o local vislumbra mais um canal de divulgação

“Novamente estaremos aparecendo para o RN, isso só demonstra nossas belezas que atrai turistas de todo o mundo, um potencial enorme que cada dia é mostrado ao mundo”, comentou Claudio Sena, diretor da FALS.

Entidades realizam ato em prol da boa utilização do aquífero Jandaira em Apodi


Agricultores de nove municípios da região, e representações de varias entidades estiveram reunidos em Apodi, onde realizaram um ato em prol da boa utilização das aguas do aquífero Jandaira, localizado na Chapada do Apodi.

Uma comissão das entidades esteve na sede Promotoria Pública, entregando um documento que trata da questão, como também fizeram o mesmo na prefeitura municipal, pedindo providencias urgentes com relação a essa questão.

Eles encerraram o ato no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi, com falas, cartazes, faixas e gritos de guerra.

Kelps recebe secretário nacional do desenvolvimento agrário no RN e Ielmo Marinho‏

Aproveitando a visita do Secretário Nacional do Desenvolvimento Agrário, José Ricardo Rosendo, ao Rio Grande do Norte, o deputado Kelps Lima promoveu uma reunião no Assentamento São Sebastião III, na Zona Rural de Ielmo Marinho.

José Ricardo Rosendo pertence aos quadros do Partido Solidariedade Nacional e na sua visita oficial ao RN foi até o município de Pedro Avelino entregar títulos rurais acompanhado de autoridades do Estado.

Após sair de Pedro Avelino, já em Ielmo Marinho, na presença do vereador Tarcísio Júnior e do Prefeito Ionaldo Souza, o Secretário José Rosendo se comprometeu a conceder o título definitivo de propriedade aos assentados da região.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Dr. Roberval Fonseca declara apoio à candidatura de Pinheiro para prefeito de Apodi

O advogado Dr. Roberval Fonseca fechou apoio à postulação do ex-prefeito José Pinheiro Bezerra (Solidariedade) à Prefeitura de Apodi.

A decisão foi apresentada por um dos líderes do grupo pinherista, ex-secretário Célio Martins agora a pouco.

“Foi um encontro muito positivo, pois reuniremos o nosso conhecimento com a experiência do grupo liderado pelo ex-prefeito Pinheiro Bezerra, que se propõe a fazer uma renovação na política da cidade”, disse Roberval.

“Sem possibilidades de votar no PMDB, analisei e vi que o melhor para Apodi foi e é Dr. Pinheiro Bezerra. Ele já modificou a cara do Apodi e acredito que o fará novamente. Bem como é o único candidato da oposição que junta o povão”, acrescentou.

Fonte: ApoDiario.

Direção de escola em Apodi esclarece fato denunciado por popular em sua rede social

Clique na imagem ampliar!

Pré-candidatos do Solidariedade em Apodi ignoram criticas da mídia ligada a municipalidade e crescem na avaliação popular

Enquanto alguns políticos, familiares e assessores rebatem e trocam farpas e baixaria nas redes sociais…

O ex-prefeito e pré-candidato Dr. Pinheiro (SD) continua de forma equilibrada e serena realizando visitas a comunidades rurais e Bairros do município de Apodi.

O pré-candidato tem sido alvo algo constante de alguns Blogs ligados a municipalidade. Porém, o mesmo vem usando o silêncio e o trabalho como resposta aos seus algozes virtuais. São sempre os mesmos!

Dr. Pinheiro independente de está ou não no poder, sempre esteve presente e é conhecedor como ninguém dos problemas do povo apodiense e de seus anseios, o mesmo surge com todas as credenciais para a disputa majoritária e ao lado do seu pré-candidato a vice Célio Martins tem botado literalmente o pé na estrada.

Uma nova página...uma nova história

Apresentar um novo formato de programação aliado ao trabalho de grandes profissionais da comunicação popular, esse é o novo conceito da rádio que mais cresce em audiência em Apodi e na região...

#ConheçaVocêTambem
#radiovaledoapodi.com
#QualidadeEmPrimeiroLugar

Já está nas redes sociais o quinto vídeo de Kelps 100% gravado no celular‏

Kelps pretende fazer a futura campanha dele a prefeito de Natal com vídeos gravados apenas pelo celular. Quando ele disse isso, muita gente achou que fosse brincadeira ou tecnicamente inviável.

Tanto não é brincadeira que, para provar que é possível, Kelps já está mostrando a viabilidade desse novo modelo de marketing político, mais econômico e mais eficiente.

Cinco vídeos já foram produzidos e estão rodando nas redes sociais. O quinto entrou no ar agora à noite no Facebook.


Popular denuncia em rede social privação de alunos em escola municipal de Apodi

Clique na imagem para ampliar!

A popular não externou publicamente o motivo que levou o fato a acontecer! Vamos esperar!

PTB discute aliança com o PMDB

O Partido Trabalhista Brasileiro PTB que responde pela presidência de Júnior Morais vem recebendo sondagens para uma possível aliança com o pré candidato do PMDB Alan Silveira, alguns emissários o procuraram e foram discutidos alguns pontos que foram considerados positivos. 

Ficou pré determinado um novo encontro na semana com o próprio candidato para definição da questão, Júnior disse que já vinha dialogando a alguns meses com Alan mas que as tratativas deram uma esfriada, mas do fim da semana passada pra cá as conversas se intensificaram novamente e um desfecho positivo está próximo, ele também destaca o poder de articulação de Alan que apesar de ser jovem vem aglutinado as principais siglas em torno do seu projeto, "Alan vem montando uma ampla frente de partidos e isso é interessante", frisa Júnior Morais.

Atletas da Suécia apontam problemas e deixam Vila Olímpica da Rio 2016

Da Agência Brasil

O gerente da delegação sueca nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Peter Reinebo, disse que a Vila Olímpica do Rio não está pronta. Segundo publicou hoje (26) o jornal sueco Expressen, o representante do país escandinavo afirmou que há problemas com água, eletricidade e esgoto nos alojamentos dos atletas.

No último domingo (24), jornais noticiaram que o time sueco de futebol feminino preferiu se hospedar em um hotel, em vez da Vila Olímpica. Hoje, outros atletas da Suécia embarcaram em táxis, com suas malas, e foram para hotéis.

A delegação australiana já havia se recusado a ficar na Vila Olímpica justamente por problemas como os informados por Peter Reinebo. Ontem, o Comitê Organizador Rio 2016 comprometeu-se a deixar a vila “impecável” até o próximo final de semana.

Capitão Styvenson deixa a Lei Seca no RN; 'Animosidade', explica Sesed

O capitão Styvenson Valentim deixou a coordenação da Lei Seca no Rio Grande do Norte e voltou a integrar o quadro funcional da Polícia Militar. A saída acontece por causa de críticas que ele fez à atuação de delegados e policiais civis do estado. Styvenson foi comunicado sobre sua devolução à PM ontem segunda-feira (25) por meio de ofício assinado pelo secretário da Segurança Pública e da Defesa Social Ronaldo Lundgren. 

"Ressaltamos, outrossim, que a mudança no Comando da Operação Lei Seca foi motivada por animosidade gerada a partir de declarações do nominado oficial em face da atuação de servidores da Polícia Civil do Estado", justificou o titular da Sesed. Já o comandante geral da Polícia Militar no estado, coronel Dancleiton Pereira, disse que ainda não decidiu onde Styvenson irá trabalhar de agora em diante. 

Em contato com o G1, Styvenson disse que se sente agradecido ao Detran pelo tempo que atuou no órgão, pela estrutura e efetivo, e também desejou boa sorte ao capitão Isaac Paiva, que deve assumir o lugar dele na Coordenação da Operação Lei Seca no estado. 

Conhecido por ter uma postura "implacável" e não dar privilégios a ninguém, Styvenson Valentim ganhou notoriedade na coordenação da Lei Seca, onde atuou desde novembro de 2013. Ele chegou a ser chamado de "carrasco da Lei Seca" e já foi pivô de várias polêmicas por dar publicidade a casos de pessoas presas nas blitzen que comandou. 

Fonte: G1.

Com lista de tarefas diárias, homem mantém mulher em cárcere no RN

A Polícia Militar prendeu ontem segunda-feira (25) um homem de 34 anos suspeito de manter a mulher e o filho, uma criança de 1 ano, em cárcere privado na cidade de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. De acordo com a PM, na casa onde a mulher e a criança estavam trancados, foi encontrado um 'cronograma semanal' com as atividades que deveriam ser cumpridas pela mulher.

Além de enumerar as atividades 'permitidas' para a mulher, o homem também delimitava os horários em que ela deveria fazer as refeições, realizar os afazeres domésticos, o tempo livre e ainda estabelecia um toque de recolher que variava conforme os 'dias de culto'. A lista ainda determinada o horário do 'sono noturno' dela, que poderia ser alterado em 'casos específicos'. 

De acordo com a PM, a mulher foi encontrada durante a madrugada enquanto policiais faziam um patrulhamento no bairro Jardins, e ouviram os gritos de socorro dela. Os policiais ficaram na casa até as 6h esperando o homem chegar do trabalho para prendê-lo. 

Ainda de acordo com a PM, a mulher e a criança foram encontrados trancados no primeiro andar do imóvel. Os muros da casa estavam cobertos por grampos e grades bloqueavam todas as portas e janelas. 

Segundo o relato da mulher aos policiais, ela não tinha as chaves da casa, pois o marido levava todas para o trabalho. Ainda de acordo com o relato, o marido não permitia que ela tivesse celular ou assistisse televisão. 

Fonte: G1

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Governo alerta que novo prazo para trabalhador sacar PIS/Pasep começa dia 28

Um novo prazo para os trabalhadores que não conseguiram sacar o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014 terá início na próxima quinta-feira (28). O período de saque será de um mês e termina no dia 31 de agosto, informou hoje (25) o Ministério do Trabalho.

PIS/Pasep é a sigla do Programa de Integração Social e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), que são contribuições sociais devida pelas empresas.

A prorrogação para os trabalhadores que perderam o prazo foi anunciada no início do mês pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Na ocasião, ele destacou que mais de 1 milhão de trabalhadores perderam o prazo, encerrado no fim de junho. A expectativa é que mais de R$ 800 milhões sejam injetados na economia neste ano caso todos os trabalhadores que têm o direito ao abono PIS/Pasep ano-base 2014 saquem os valores liberados.

No mesmo dia, também começa a ser pago o abono, ano-base 2015. Quem nasceu de julho a dezembro, recebe o benefício neste ano (2016) e os nascidos entre janeiro a junho, no primeiro trimestre de 2017. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.

Fonte: De Fato.

Justiça determina que Governo do RN pague salário da segurança até fim de cada mês

Os servidores públicos estaduais ativos e inativos da Polícia Civil, do Instituto Técnico Científico de Polícia – Itep-RN e da Segurança Pública, representados pelo Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte – Sinpol-RN, ganharam o direito de receber o pagamento das verbas salariais até o último dia de cada mês, corrigindo-se monetariamente os seus valores, caso ocorram novos atrasos, conforme determina o art. 28, § 5º, da Constituição Estadual. A decisão se refere ao Mandado de Segurança Coletivo, de relatoria do desembargador Dilermando Mota.

A decisão ressalta que o equilíbrio das contas públicas deve, de fato ser buscado, mas tal meta não pode ser alcançada com prejuízo dos salários dos servidores públicos, uma vez que estes, por sua natureza alimentar, gozam de preferência em relação às demais obrigações do Estado, Inclusive por força de disposição constitucional, conforme já decidiu o presidente do Supremo Tribunal Federal em caso semelhante julgado no Rio Grande do Sul.

"Assim, verifico serem relevantes os fundamentos apresentados pelo sindicato e considero, ainda, evidenciada a urgência necessária à obtenção da providência liminar almejada, porquanto ter a referida verba nítido caráter alimentar”, enfatiza o desembargador.

De acordo com as razões do MS, o Estado do Rio Grande do Norte, desde janeiro de 2016, vem pagando com atraso os vencimentos e proventos dos servidores públicos estaduais ativos e inativos da Polícia Civil, do Instituto Técnico Científico de Polícia – ITEP-RN e da Segurança Pública e que a Constituição Estadual, em seu artigo 28, estabelece que o pagamento dos servidores públicos estaduais deve ser feito até o último dia de cada mês, corrigindo-se monetariamente os seus valores, caso o pagamento se der além desse prazo.

A entidade sindical argumenta também que o atraso no pagamento representa um desfalque nas finanças dos servidores, por se verem na condição de ter de honrar também com atraso os compromissos assumidos com terceiros, sofrendo, em razão disso, todos os efeitos decorrentes da mora contratual e legal. Sustenta que a situação dos servidores inativos é ainda mais crítica, por terem estes de arcar com um volume maior de gastos com a saúde, em virtude da idade.

O Estado do Rio Grande do Norte apresentou como defesa as informações prestadas pelo Secretário Estadual do Planejamento e das Finanças no sentido de que o atraso no pagamento dos salários não se deu apenas em relação aos servidores representados pelo impetrante, mas de todos os servidores do Poder Executivo estadual, em decorrência da impossibilidade material, por insuficiência de recursos financeiros, causada por substancial queda de todas as transferências da União e das frustrações das receitas estaduais, motivadas pelo singular momento econômico por que passa a nação brasileira. Argumentos esses não acatados pelo relator do Mandado.


Mandado de Segurança Coletivo nº 2016.006027-0
Fonte: Jornal De Fato.