terça-feira, 27 de julho de 2010

Jornalista considera esdrúxula posição de candidato e partido local






Quando defendi a tese de que a Ufersa deveria ir para Apodi e não para Caraúbas, comprei briga com toda uma cidade que em adotou como filho a partir da concessão do titulo de cidadão local.

Comprei a briga por ter a certeza de que meu posicionamento estava correto.
E estava।

Quem está a frente do projeto da Ufersa em Caraúbas, sabe da dificuldade que existiu para que as vagas fossem preenchidas já no primeiro vestibular।

E os que me criticaram serão obrigados a aceitar que meu argumento era sólido.
Mesmo assim, sei que muitos não darão o braço a torcer। Normal.

Volto a reforçar।

Minha opinião com relação ao que Apodi vive hoje não mudará.
Não irei apoiar o novo projeto da ‘Nova Geração’, simplesmente pelo fato de não concordar com as vias utilizadas।

Da forma como a Nova Geração conduziu o último processo eleitoral, fica a impressão de alma vendida para se alcançar um objetivo que poderia ser alcançado a partir de outras vias। E depois?

Não sou a favor da derrubada de idealismos e personalidade, com o intuito de se chegar ao poder।

Nada pessoal contra o deputado federal Fábio Farias, mas este vai de encontro ao padrão de apoio tão difundido pela ‘Nova Geração’ na última campanha।

Nada contra Apodi ter um deputado, mas tudo contra a fórmula que está sendo aplicada.
Eleger um deputado, não depende de Apodi।

Depende de toda uma conjuntura que foi formada com um objetivo que vai além do sonho apodiense।

Os votos de Apodi encontram-se em quarto lugar numa fila de prioridades que mostra que o povo mais uma vez está sendo enganado।

Para Flaviano se eleger será necessário quatro fatores।

1º। Agnelo Alves terá que estourar a votação garantindo não só sua eleição para a Assembléia Legislativa como a de um companheiro do seu partido o PDT.

2º. Caso o PDT fracasse com a votação de um segundo nome forte, as chances de Flaviano aumentariam। Mas é válido lembrar que esta facilidade exigirá o fracasso de toda a estrutura da campanha de Carlos Eduardo, que terá uma expressiva votação em Natal. No caso do PDT eleger um segundo nome, a disputa de Flaviano ficará para uma terceira vaga.

3º। Agnelo como puxador de votos, somado a uma boa votação de um segundo nome do PDT, acarretará na abertura para a eleição de um nome do PCdoB. É justamente ai que mora o grande drama da candidatura de Flaviano. O PCdoB não elencou a candidatura de Flaviano como a possível vencedora. Ele é apenas o quarto e é visto apenas como uma esteira para realizar o sonho do PCdoB – eleger um deputado estadual. Se Flaviano tivesse sido o prioritário, sem maiores dúvidas, estaria com a eleição praticamente garantida. Ele terá uma boa votação em Apodi. Mas...

4º। Para Flaviano conseguir ser eleito deputado estadual pelo PCdoB, terá que obter uma votação extremamente expressiva que ultrapasse os interesses do PCdoB, que conta com três outros nomes na frente do candidato apodiense. Flaviano terá que ultrapassar o vereador natalense George Câmara, o ex-prefeito seridoense Roberto Germano, e o mossoroense Gutemberg Dias, candidato a vice-prefeito na eleição de 2008.

Daí reafirmo, o projeto apodiense engana o povo, que acredita numa possibilidade que é extremamente remota, e que não prioriza o sonho da cidade oestana.
Meus ideais continuam o mesmo। Minha retórica também.

Aos que afirmam que me vendi, seria melhor uma reavaliação.
Investiguem minha vida।

Não me vendi, não me corrompi, não mudei meus estigmas। Pelo contrário. Reagi a uma mudança que considero esdrúxula.

Aos que acreditam que me vendi, ai vai uma resposta sincera: estou aguardando esta ‘compra’ há doze anos।

Até o momento não apareceu ninguém capaz de comprar minha honra e ideais.
Façam suas ofertas।

Ahhh। E pelo amor de Deus, caprichem mais nos comentários. Os últimos deixaram claro que minha luta pela Ufersa em Apodi deve continuar. Não matem o professor Flaviano Monteiro de vergonha.

Um abraço a todos।

5 comentários:
Prof. Pedro Filho disse...

Para você o povo de Apodi é analfabeto. Preste atenção na informação que cada um que comenta neste espaço diz, de forma muito clara a você.

Os errrrrrros de digitação não devem ser levados tão a serio assim.

A gente sabe interpretar as entrelinhas, meu caro...
24 de julho de 2010 00h45min

Anônimo disse...

Mesmo que sejam precisos os votos do mundo todo mundo não desistiremos de nosso sonho!!
Não estamos atrás de vitórias Sr. Marcio, mas sim de chamar a atenção novamente p Apodi, pois nós fomos esquecidos pelos grandes, se eles não fazem por nós, nós iremos atrás de quem faça!!
Essa candidatura deve esta incomodado muito os grandes, pois se fosse tão impossível ele ganhar não estaria sendo alvo de tantas criticas, principalmente do Sr. Marcio Costa.
Mas prefiro lutar pelo impossível que seja meu do que lutar pelo possível que seja dos outros!
24 de julho de 2010 18h43min

Márcio Costa disse...

Já deixei bem claro que respeito o posicionamento de cada pessoa que aqui escreve seu comentário, mesmo os anônimos, assim como espero o contrário. Agora Professor Pedro, apoiar uma declaração tão infeliz quanto esta, partindo de um profissional que deveria justamente coibir. Os erros são importantes sim. Partindo de mim, do senhor e de qualquer outra pessoa. Não trato os apodienses como analfabetos, mas não faço vista grossas a esta realidade. Seria um crime. Um abraço. Defenda suas lutas, mas sem distorções nem destemperos.

24 de julho de 2010 19h24min

Anônimo disse...
Pode votar em Larissa e esqueça a candidatura de Flaviano, não publique mais nada é um favor que você faz a Apodi

26 de julho de 2010 09h02min

Márcio Costa disse...

Sempre tive direito a voto e nunca deixei de publicar nada. Publiquei todas as noticias ligadas a Nova Geração em 2008 e me sinto a vontade para publicar o que eu achar necessário. Vou continuar noticiando sim, discordando ou não apresentando minha opinião ou não. Bom ver que por trás de um movimento tão libertário se escondem posicionamentos e opiniões tão agressivos, retrógrados e ditadores contra a liberdade de expressão. Não sou obrigado a concordar com o projeto apodiense,assim como não deixarei de noticiar a cidade simplesmente por que alguns acham que este é o caminho que deve ser seguido por não agradar. Voto em quem eu quiser e meu trabalho não tem nada com meu voto. Um abraço.

26 de julho de 2010 21h36min

Fonte: http://giropeloestado.blogspot.com

2 comentários:

  1. universitario e grupo de amigos do ensino medio,alguns pre universitarios.27 de julho de 2010 16:28

    josenias,gostaria de ver publicado ou seja republicado a materia do BLOG ROBSON PIRES,o xerife de natal,onde a candidata dilma ,candidata do lula,disse e afirmou que a senadoraosalba e o senador jose agripino,votaram contra o lula,contra os projetos que beneficiam o povo,como O BOLSA FAMILIA E O PROUNI,ode eu atualmente estou tentanso ser beneficiado,ora como vou continuar pensando em votar em rosalba com essa?não posoo ,pois se ela foi contra o meu futuro,como poderei votar a favor do futuro politico dela?vou escolher outro candidato,ja mim decidir.

    ResponderExcluir
  2. exdruxula que não sei nem o que é,mais que deve ser algo contra a candidatura que poderá trazer dias melhores para apodi,como a de flaviano,e dias piores para quem vive algemado a chefe politicos e que por não ter consciencia de libertar se,ou por estar a serviço de grupos politico e não do povo,vai ficar doido,pois sempre votei em valter alves,e desta vez vou deixar de ser besta,vou votar num homem filho de apodi,para ver se a nossa terra tem o direito a ser ouvida quando for necessario,como foi no caso da UFERSA,porque o meu sempre candidato valter alves nada falou?adeus,burrinho eu não sou.

    ResponderExcluir