sábado, 24 de abril de 2010

Representantes? Cabos eleitoreiros? Chefes políticos? Caciques? Pilantras? Ou Aproveitadores de consciências frágeis?

Sabemos que a política do município de Apodi, encontra-se manuseada por uma pequena parte ao qual denominan-se representantes, mas, que estes não sabem sequer o verdadeiro sentido da palavra “Política” e muito pouco de representar um povo, no entanto, é fácil perceber que estão somente preocupados com o beneficio próprio, e que insistem em continuar subordinando o povo impedindo e limitando o caminho do desenvolvimento de nosso município, é assim que passa novamente na atualidade a sebosa e vergonhosa politicagem da cidade do Apodi।

Infelizmente no Apodi, torna-se mais interessante não investir em Educação, ou melhor no esclarecimentos do cidadão, não possibilitando o desenvolvimento crítico das pessoas, pois a idiotização das idéias pregada pelos representantes para manter seus interesses ideológicos de diversas formas, evidencia-se a décadas, pois torna-se mais lucrativo quando o assunto é VOTO। No entanto para muitos, inclusive para os que se detém no poder é coisa que deve ficar em última instância dos investimentos, sendo melhor não investir para que não seja possível construir uma sociedade capaz de reproduzirem suas próprias idéias.

Pelo qual não se deixe influenciar por certas marmeladas ideológicas, pois tendo uma sociedade idiotizada e desmobilizada pela falta de informação, torna-se fácil investir na enganação da compra da consciência do povo, concretizada através do ato da enrolação pelo voto, principalmente pelo voto de cabresto, pelo voto da promessa ou melhor dizendo, pelo voto do Mané, que se dar mediante uma cúpula de interesseiros que usam de todas as artimanhas para se impor como superiores।

É vergonhoso que essas falcatruas de enrolação sejam evidenciadas até no ambiente escolar, perante a escolha de seus representantes (diretores), sendo que a escola deveria ser tomada como exemplo para demonstrar e exercer a prática democrática, mais não, estes covardes da enrolação estão por toda parte, cabe a vocês estudantes, perceber e escolher o melhor caminho para o município, começando pela escola, começando por você próprio, ou melhor pela EDUCAÇÃO, não deixem que roubem suas idéias e depois denomine-os de trouxas।

Aproveito para lamentar o fato, dos políticos locais não consolidarem apoio a um representante filho do município do Apodi, tendo em vista, que a cidade que dispõe de um representante a nível Estadual e/ou Federal tende a se beneficiar em diversos aspectos ou setores। No entanto o que se comprova é a falta de interesse desses grupos oligárquicos em resolver os diversos problemas do município de Apodi, em demonstrarem que não estão nem aí para o desenvolvimento do Apodi, na busca de elegerem um representante que defenda nossos interesses no Senado brasileiro, pois cada um desses cabos eleitoreiros alimenta-se da melhor ração que resulta em degustar do dinheiro que deveria ser do povo, e para o povo, é assim que pensam, e que os demais filhos de Apodi que se lixem.

Assim foi com outros que tentaram representar o povo apodiense no Senado e em troca só receberam críticas, em vez de receberem apoio da cambada de cabos eleitoreiros que não perdem a oportunidade de jogar o povo contra os que tentarem representar com dignidade। Essa politicagem em Apodi é como se fosse um tabuleiro destinado para se jogar Xadrez ou Dama, onde ao final do primeiro jogo tende a prevalecer os cavalos, e do segundo jogo nada prevalece, pois a DAMA é morta, não exerce nenhuma força de decisão.

Nesse enfoque aproveito ainda, para (sem generalizar) repudiar o desprezo que sinto pela cambada de políticos interesseiros e enganadores apodienses que pensam somente no beneficio individual (lucro), e que nunca levam em consideração a benfeitoria do conjunto como um todo. No entanto esses preferem apoiar um Pelé, um Garrincha, um Maradona ou até mesmo um Zé Mané. Em apoiar uma representante local que lute por nossos interesses.
É tolice não pregar o acerto na sociedade atual visando às melhorias para ter como meta colher bons frutos no futuro, o que vivenciamos na verdade é a permanência dos erros pelas injustiças pregadas nas colheitas dos frutos podres do presente, se é que existe presente ou perspectiva de um futuro melhor।

Fique de olho amigo, pois a corrida para se formar a equipe pedagógica dotada de mestres enganadores locais cheios de filosofiazinhas foi lançada, os educadores do adultério estão se mobilizando a fim de repartir o bolo dos que oferecerem o maior tamanho, no intuito de pegar a maior fatia, a briga está lançada e será evidenciada na partilha dos favores, da camaradagem, da sacanagem e da pouca vergonha। Se não é os conhecidos por muitos por cabos eleitoreiros, que acham melhor a denominação da expressão de chefes políticos e/ou representantes.

Muitos destes camaradas que se julgam chefes políticos pregam para o povo, com o intuito de enganá-los mais uma vez, a pouca importância de uma política de presidente e/ou de governador para o município, sendo essa a melhor maneira de pegar a fatia do bolo e se apoderar, pois o momento para esses é de consolidar apoio aos donos da máquina, induzindo o povo a pensar em melhoras futuras।

No entanto a melhora se dar no presente para os chefes políticos, que já se encontram de cuecas cheias e sacos cheios do povo, pois já escolheram a melhor fatia junto a melhor promessa, a menos que se prove o contrário terminará em pizza como já de costume, a fim de serem retribuídos com a máquina do dinheiro que os darão suporte mais tarde, em molhar a mão ou encherem as cuecas e se apoderarem mais uma vez dos reais do povo usufruindo principalmente e conscientemente do atual momento।

Sacanagem esta que tende a se consolidar novamente nesta próxima campanha eleitoreira interesseira। Assim é, e sempre foi à bola de neve que se concretiza na politicagem corrupta da maldita democracia brasileira.

Sabemos que a Educação exerce papel preponderante no que tange a tão sonhada mudança ou melhoria de um povo, pois se realmente se investisse em uma Educação de qualidade, concomitantemente outras mudanças aconteceriam, pois educação e desenvolvimento caminham juntos, dessa maneira, consequentemente as melhorias no âmbito da saúde, meio ambiente, igualdades sociais, habitação, entre outras, surgiriam como resposta a uma sociedade equiparada pelo saber। Mas quando se está à frente do poder quem se preocupará com mudanças, pois como já dito, domar um povo idiotizado pela falta de conhecimento, é completamente diferente de se deparar com pessoas que pensam e sabem o melhor para com o conjunto das sociedades.

Vale ainda salientar que estamos vivenciando uma longa e parece infinita GLOBALIZAÇÃO DA MARACUTAIA, onde a minoria dos grupos degustam do momento atual visando somente o retorno financeiro, presenteando as futuras gerações com o atraso das desigualdades oriundas da miséria. Pois o atual momento é de competição, ou seja, de passar a perna no que vier pela frente, pois o que importa é se dar bem na vida a qualquer preço, ser inteligente hoje para os que não tem capacidade de pensar, é menos prezar próximo e sugar o que poder, e que este se lixe. No entanto se não houver uma conscientização do povo advinda da Educação, a fim de buscar uma solução para os problemas e melhorias, os apodienses usarão bolinhas no nariz, fazendo o papel de PALHAÇOS ainda por longas décadas, diante desses grupinhos representadores.

REMETENTE: SOUZA JÚNIOR

4 comentários:

  1. é verdade esse aproveitadores so pensam no beneficio proprio, em vez de dá oportunidade a uma pessoa da cidade em representar, mais nao so pensam na fatia desse bolo que voce falou sozinha, enquanto a dama da prefeita permanece morta, pois nao sabe fazer nada, alem de ouvir e ser obrigada a ficar na dela nao exerce nenhum poder diante desse falso mandato. tem nada nao vem outras camapanhas por aí.

    ResponderExcluir
  2. ou apodi muda,ou condenaremos o futuro das nossas familias,privilegiando apenas aqueles que se dizem dono dos votos mercadorias(DOS OUTROS)26 de abril de 2010 00:15

    é triste o quando a escravidão do povo apodinse(EM PARTE) ainda predonima,ora a semente é minha(O VOTO),mais o lucro tem que ser do atravessador(POLITIQUEIROS APODIENSES)que vendem o povo,manipulando as mestes,em troca de cargos e beneficios pessoais e familiares,sem cobrarem o SOCIAL PARA TODOS,basta de tanta babaquise,fora getulio rego,fora valter alves,fora kelps,fora larisse rosado etc.desta vez a vez tem que ser nossa,do filho da terra,que não só basta ter um registro de nascimento com a naturalidade apodiense,mais um historico de lutas pro apodi,sem nenhum tipo de mandato,essa pessoa é flaviano monteiro que vou votar pela primeira vez.obrigado pelo espaço e gostaria de ter esse comentario publica na pag. principal.

    ResponderExcluir
  3. por isso tudo,o tempo mim ensinou,daqui para frente os coroneis da politicagem apodiense,vou só enganalos,botem dinheiro na mão do bobinho...bobinho tem que ser voces,agora vou enganar tambem,só votarei em quem não mim oferecer dinheiro,e flaviano desta vez o meu voto será seu.

    ResponderExcluir